quarta-feira, 6 de julho de 2011

Av. Paulista: Ser e estar

Há tempos eu digo a mesma coisa que esta matéria da Folha de hoje: Pra quem bate perna na Paulista, como eu, a percepção é instantânea e muito legal. Agora são duas Marisas, sendo a que fica ao lado do Parque Trianon a mais "hype" (e menos legal, na minha opinião), com vitrine-conceito; e a que eu mais amo, que fica perto do metrô Brigadeiro. Esta aliás tem (ou tinha, porque faz uns meses que não entro ali) as melhores lingeries do mundo!

Marisa sapecando estilo e preço na mulherada

Já Renner, acho que é uma só, entre o metrô Trianon-MASP e o metrô Brigadeiro. Isso as conhecidas, porque tem vários 'gelo quente' no meio do caminho, que estão vendendo enlouquecidamente roupas de inverno, como as já famosas e indispensáveis jaquetas de nylon acolchoadas e trench coats a R$70,00. E agora, como era de se esperar, acolherá também uma Uniqlo. Mãe Dee já prevê fila na porta, fila esta formada por todas as hypadas da Augusta e da Oscar, especialmente com esta coleção.

Cacharel Vintage para Uniqlo

Charlize "Miss Dior" Theron para Uniqlo

Fato é que os negócios giram e prosperam onde há meios para isso. A única Marisa boa no RJ, por exemplo, fica em Ipanema. Renner boa tá dentro do shopping Leblon. E Uniqlo, bem...Uniqlo boa só em NY ou Tóquio.
Isso porque eu não queria ser estraga-prazeres e desagradável de lembrar que está na Oscar Freire a única American Apparel do Brasil. Ok, os preços são aquela indianice clássica, mas existe, tá lá.
Então, façam como eu - adquiram seus cartões Marisa, Renner e Leader, porque chique é comprar barato.

**
E o bafo da semana (passada) foi a oficialização da vinda da Sephora pro Brasil. E começou o rebuliço com o quesito que mais reprova as escolas de samba gringas no carnaval fiscal brasileiro: o preço. Gente, odeio ser a portadora de más notícias mas não existe nada importado barato no Brasil. É o velho lema do espelhinho, que já contei aqui.

Vitrine da fábrica de sonhos em algum lugar onde 1 blush custa USD 10

A diferença é que não precisaremos (a princípio) encher o saco de amigos e amigas viajantes, com pedidos de maquiagem!
Como eu costumo cantar quando tenho ataque de bobeira em SP, "Isso aqui ô ô, é um pouquinho de NY iá, iá...".

Nenhum comentário:

Postar um comentário