quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Esmalte - Ainda é mania?

Depois de uma longa e deveras tenebrosa temporada de frisson maluco por esmaltes, o G.I. pergunta: Ainda é mania?

Lógico que para as revistas femininas ainda é, porque senão...não tem assunto e sem assunto não tem revista. Mas será que ainda tem um povo se jogando freneticamente em 200 tons de rosa?
Segundo o site da Marie Claire, a francesinha voltou. PAUSA. Voltou de onde? Eu nem sabia que tinha ido! Também na mesma matéria falam que a nova tendência para unhas é o formato longo e pontudo, assim bem prático e higiênico.

Vamos às imagens?
A francesinha, que só "voltou" porque a Chanel usou...

O tal "formato da vez"...

Garotas, não me levem a mal. Eu adoro um esmalte, mesmo antes de toda essa comoção com cores, marcas e texturas. Mas CALMA AÍ!

Já a marca norte-americana Nail Inc. lançou um esmalte que promete o efeito do couro nas unhas. E vem com aplicações de strass em formato de caveira, bem cafoninha, pra quem quiser encreuzar as unhas. Se você tem 13 anos e é fã do Crepúsculo, tem o meu apoio e pode usar à vonts. Mas fora isso...



E a Glamour afirma que o tom verde esmeralda é a "IT COLOR" (veja bem...). Eu mesma usei, há uns 4 meses atrás, o da Revlon por 1 dia e não curti. É mate mas tem glitter. Entendeu? Nem eu...

Essa mão não é minha!

A resposta pra nossa pergunta inicial é - sim, ainda é mania e cada vez mais duvidosa.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Perigo em Tendência: A franquia Fim do Mundo

Segundo o calendário Maia, o mundo acabará daqui a dois dias. Há quem acredite, há quem duvide, mas todo mundo resolveu se dar bem - lógico - com esse mito.

Desde liquidação de móveis até baladas, cada um deu o seu jeito de vender alguma coisa com a data profética.

Pessoas estão fazendo dívidas, comprando lotes, casas, bens DURÁVEIS, em lugares onde os habitantes JURAM que o mundo NÃO ACABARÁ. Já outros estão se refugiando em cavernas no interior de Minas Gerais, caso os Maias estejam certos. Os fanáticos estão estocando água, comida, fraldas descartáveis - pra quê? Se por acaso o mundo acabar, o que vocês farão com as fraldas?




O mundo não acabará, o que já não posso dizer sobre a minha paciência com as piadinhas infames e sem graça no Facebook.


Isso sem falar, é claro, nas opiniões de celebridades e subs - tipo isso . Estamos aguardando o pronunciamento da Nana Gouvêa sobre a data - com fotos, é claro!

Conheça AQUI pessoas maravilhantes que juram que o mundo vai acabar e já estão em ritmo de festa!


E lembrando que hoje tem Miss Universo!

Miss Brasil em traje típico (???)

O mundo não acabará, mas não desanimem. Vocês estão fazendo um excelente trabalho, continuem tentando!

Esse post tem o selo Nana Gouvêa de aprovação.


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Voltamos já!


Gente, fiquei doente. Não, não foi praga nem mau olhado. É uma sinusite from Hell. Volto logo!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Perigo em Tendência: Femen

Eu avisei que ia babar e, mais uma vez, ninguém me ouviu.


Sempre achei a proposta desse Femen (Ucrânia) meio tosca. Ok fazer 1 protesto nua, chama a atenção e tal. Mas TODOS? Com lindas loiras e seus peitinhos novinhos à mostra? Me deixava sempre com a sensação de "serei capa da Playboy" por trás de cada ato de "feminismo" praticado pelo grupo, que se insurgia nos momentos mais inconvenientes.

Prontas pro close up
É só aplicar o logo da revista ali em cima e já era

Como não poderia ser diferente, o Brasil (no caso, Brazil com Z) entrou no jogo, e como não poderia ser diferente, conseguiu ser mais tosco do que o grupo pioneiro. Em sua última - e frustrante - tentativa de protesto, destruíram uma loja Marisa. Destruição e vandalismo, como se vê em qualquer partida de futebol ou apuração de escola de samba. Super femininas vocês...Só que não.
Tão femininas quanto uma torcida de futebol que perdeu o campeonato

Alguma ex-integrante que ainda não foi chamada pra ser capa de nada disse à imprensa que o grupo brasileiro não possui propostas feministas (leia aqui). O que corrobora a minha versão de que tudo não passa de uma tentativa em massa de ser subcelebridade e ter um quadro pelada no Zorra Total.


Até onde pude pesquisar - porque esse assunto me dá MUITO SONO - a "líder" do grupo brasileiro, Sara Winter já dá meio uma pinta de modelo "pin up" por aí. OU SEJA...

Sara, em atividade extra-feminista.


Diariamente, o horror se espalha entre mulheres no mundo todo, especialmente em países abandonados pelo poder público - como os países africanos e latinos, por exemplo. Lá ninguém vai dar pinta peladinha com flores na cabeça, né? Assim como também é muito fácil defender índios postando imagens no Facebook direto do iPhone 5.
Eu quero ver fazer protesto na delegacia da mulher, onde os casos - quando registrados - dão ânsia e medo até nos oficiais de justiça. Mutilações autorizadas pelo Estado (na África), situação de risco em países latino-americanos, doenças, falta de emprego, violência dentro de casa, estupradores à solta. Não vejo nenhuma das loiras peladas arregaçando as mangas pra lutar por essas causas. Eu disse mangas? OH WAIT!

E está virando um merchan que brilha os olhos daquelas adolescentes que já dão close nas webcams do mundo, mas não por uma causa, mas pelo prazer de ser fotografada nua em mídias de grande porte e não só no Facebook de algum pedófilo.




Mas não sejamos injustos. Quando neva, elas usam uma roupinha, vai!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

A filha do Seu Faceta

Meu pai riu da minha cara quando contei que havia comprado um vestido de noiva. Esfregava as mãos, animado, perguntando onde seria a quermesse e frisando que adora quentão, desdenhando do meu futuro e me chamando de caipira numa frase só.
Eu podia anunciar que seguiria com o circo - já que é praxe eu me envolver com palhaços - que ia virar hippie numa comunidade ovolactovegetariana, ou mesmo integrar as forças de "paz" em algum país assolado pela desgraça humana, mas casar era a deixa para um esquete de comédia. Pastelão. Como aquele famoso esquete dos Trapalhões, onde o finado Zacarias e o highlander Didi fazem filha e pai, respectivamente, num jogral hilário sobre os tipos suspeitos com quem a mocinha se casaria:
- Papai, eu quero me casar!
- Ô minha filha, ocê diga com quem!
- Eu quero me casar com o leiteiro!
- Com o leiteiro ocê num casa bem....
- Por que, papai?

E o velho Faceta desfia um rosário de malefícios e sacanagens que as profissões listadas incutem nos candidatos a genro, sempre minando as possibilidades da filha.



Eu sempre achei, além de dispendioso, meio excêntrica a compra do vestido de noiva. Podia ser como uma jóia de família no século passado, mas hoje é mais um item fantasmagórico do que algo romântico e virginal. Um vestido de noiva carrega em si um tear inteiro de mágoas, antes mesmo de sair da loja ou do incensado ateliê do estilista famoso.


A mágoa da amiga escolhida para madrinha por ser a única solteira do grupo; a mágoa do noivo, que nem sabe do que se trata e preferia fazer um churrasco para a galera em Ibiúna; mágoa da irmã que casou grávida e usou uma bata de algodão porque era o que cabia e o marido pediu pra sair 37 dias depois; mágoa da vendedora, que aos 53 anos casou as outras mas até hoje só vestiu a grinalda, e ainda assim escondida do patrão, fez uma foto e guarda, amarelada, no fundo da gaveta de calcinhas junto com os santinhos de Santo Antônio e Santo Expedito, o das causas urgentes.

E ele dura apenas oito horas, é a roupa com o menor prazo de validade do mundo, ganhando de braçada das duvidosas malhas chinesas. Eu comprei o vestido porque estava em promoção - toda a arara por R$150,00. Eram os rejeitados, sem brilhos, sem manga presunto, sem oito saias, sem cauda. Comprei porque acho que ai menos aquele merecia uma vida melhor, que durasse anos, que fosse a estrela do casório da quermesse, ou de um cenário de Nelson Rodrigues, perturbando a cabeça de Alaíde.

Deixem os vestidos viverem!
Deêm-lhes vida após a pequena morte, aquela que acontece após os noivos se encontrarem - enfim sós - no quarto do hotel en Gramado, melhor destino com a grana de sobrou da festa e do vestido. Esqueça o malfadado trash the dress, nem mesmo os loucos rasgam dinheiro, mulher! Seja fada madrinha nas festas infantis, ou a noiva do banheiro nas noites de dia das bruxas! Ande com ele pela casa, mas deixe o vestido viver, pelo menos enquanto viver também o casamento - tecido bom e marido bom é difícil de encontrar em promoção. Vão-se os maridos, ficam os vestidos.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Patricinhalização

Como bem disse a amiga Lady Rocker, body piercer, dj e gata do rolê paulistano, todo mundo paga pau para mulheres tatuadas e roqueiras - mas somente no Facebook. Vida real são mais outros 500, e ninguém tem pra pagar.

MANGA COM ESTAMPA DE TATUAGEM

Acabo de ler isso e congelei de medo. Oh não, jura que vão patricinhar o roller derby também?? Não está restando muito para as "outsiders"...

A seguir, uma breve lista da patricinhalização destrutiva:

1) Rolê alternativo - Baladas faca na caveira como Astronete, Inferno e Caos, todos no Baixo Augusta, estão sendo alvo da alicedellalização indiscriminada;



2) Estampa de onça - Era um ícone pin up, eternizado pela sempre diva (e também alvo) Bettie Page. Agora qualquer Paris Hilton usa, e colorida, que é pra zuar o guarda-roupa das minas do rolê;



3) Piercings - Era coisa de "maloqueira" até inventarem o pingente da Playboy. Must have entre as candidatas a Miss Pau de Sebo Pole Dancing na Balada 2012;



4) Tattoos - Também era coisa de maloqueira drogadita, mas aí a Alessandra Ambrósio fez uma e ela é super do rock, né?



5) Camisetas de bandas de rock bacanudas como Stones e Motörhead só porque alguma it girl caída do trem usou em NY - Com exceção das filhas dos roqueiros, nenhuma das outras sabe do que se trata;



6) Caveiras - A mulher do Justus usa. APENAS ISSO.



7) Jaquetas de couro - Construa seu look rocker com esse tutorial super demais que a revista It-Buça selecionou pra você!



Gostaria de lembrar que um dos ícones dessa turminha da pesada que apronta várias confusões, Georgia Jagger, é filha do cara. Ela até pode ser assim, mas se eu fosse o pai dela sentava-lhe a mão na cara.



Roller Derby requer corpão, bração e tapa na cara. Agora eu quero ver!

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O brasileiro e o calor - Machado de Assis colunista convidado

Hoje quem escreve aqui no blog é meu grande amigo, Machado de Assis:
"Há um meio certo de começar a crônica por uma trivialidade. É dizer: Que calor! Que desenfreado calor! Diz-se isto, agitando as pontas do lenço, bufando como um touro, ou simplesmente sacudindo a sobrecasaca. Resvala-se do calor aos fenômenos atmosféricos, fazem-se algumas conjeturas acerca do sol e da lua, outras sobre a febre amarela, manda-se um suspiro a Petrópolis, e La glace est rompue; está começada a crônica."




Desci na mesa para falar do calor que abateu a região Sudeste do Brasil nesta semana e tem gerado toda a sorte de comentários por aí, especialmente em SP. É como se nunca tivesse feito calor no Brasil, nessa época do ano. Reclamações genéricas, gente desmaiando, desconforto generalizado nos transportes públicos e vendedores de água de coco rindo como premiados da sorte grande.




Sim, está fazendo calor. Nada mudou. Desde os dinossauros faz calor, assim como também chove e em alguns lugares neva. Por quê a comoção?

Por toda parte chovem (e essa é a única chuva) comentários de nórdicos do Brás como "Isso é um absurdo! Só mesmo no Brasil pra fazer uma temperatura desagradável dessa!", ou o clássico "Vou morar me NY! Pelo menos lá neva e as pessoas são mais bonitas!". Não quero ser inconveniente lembrando a todos que também faz calor no norte do planeta...

Enquanto isso, vejo gringos de todas as partes do globo felizes e sorridentes, com suas Havaianas de R$50,00 nos pés, suas garrafas d'água mineral, bonés e camisas exóticas, deslumbrados com os vestidos e mini-shorts das moças que tentam se livrar do calor nas bacurinhas (e costas, e pernas, e nucas).





"Fui há dias a um cemitério, a um enterro, logo de manhã, num dia ardente como todos os diabos e suas respectivas habitações. Em volta de mim ouvia o estribilho geral: que calor! Que sol! É de rachar passarinho! É de fazer um homem doido!
Íamos em carros! Apeamo-nos à porta do cemitério e caminhamos um longo pedaço. O sol das onze horas batia de chapa em todos nós; mas sem tirarmos os chapéus, abríamos os de sol e seguíamos a suar até o lugar onde devia verificar-se o enterramento. Naquele lugar esbarramos com seis ou oito homens ocupados em abrir covas: estavam de cabeça descoberta, a erguer e fazer cair a enxada. Nós enterramos o morto, voltamos nos carros, c dar às nossas casas ou repartições. E eles? Lá os achamos, lá os deixamos, ao sol, de cabeça descoberta, a trabalhar com a enxada. Se o sol nos fazia mal, que não faria àqueles pobres-diabos, durante todas as horas quentes do dia?"

Com tanta coisa mais desagradável para reclamar - impostos sem fim, buraqueira nas calçadas, O HORÁRIO ELEITORAL, o iPhone 5, Luan Santana sócio de balada na Augusta - vocês ainda perdem tempo com  o maior clichê social da História da Humanidade?

Comprem os seus Chicabom e bom calor!
Daqui eu subo. Fui!

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Perigo em Tendência: It-blogueira

Eu avisei, mas fui ignorada.
Esse negócio de ficar se fiando na opinião de gente que vive de dar close ia dar merda. E deu!

E agora, Paris??


O mundo as "it" girls - as ricas e as falsas ricas - está abalado. Estão se sentindo o próprio John Galliano, quando este foi acusado e preso por expor sua opinião sobre as coisas. La maison est tombé.

Esse mundo, pobre mundo pobre, que não entende como elas podem ser übber melhores que todo o resto só porque usam YSL e Missoni! Deixem-os comer bolo, Antonieta!

O que será das vidas das seguidoras, sem "looks do dia" usando Chanel basiquinho? Na beira da piscina? O que será das vidas daquelas que nunca tiveram nada disso e se esmeravam em montagens de Photoshop dignas da Playboy, só para não ficarem para trás na competição "Falsa Rica 2012"? Pobre mundo pobre...

Agora todas terão que confiar em suas próprias opniões e pesquisas, l'horreur!

O drama na casa de bonecas, drama que Ibsen não previu. Estojos de maquiagem cara abandonados em um canto triste, Birkins e Kellys penduradas atrás das portas, como velhas chuteiras de jogadores que se viram obrigados a abandonar o ofício, mesmo que jogassem mal a vida toda, por pressão da torcida.

E agora, Paris?

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Photoshop de cabelo

Amiga trendsetter, amiga fashion victim.
Alvíssaras!

Você, que como eu e a Xuxa, achou que era uma excelente ideia mudar a paleta de cores original dos cabelos e se ferrou de verde, amarelo, lilás, acaju e cobre, e que já estava nas últimas das depressões femininas, chorando no ombro da vendedora da perfumaria porque queria evitar o inevitável estrago causado pela dupla de sertanejo universitário Pó Descolorante e Água Oxigenada 30 Volumes - SUA VIDA TEM SALVAÇÃO!

Oh, não!

Descobri, depois de sensibilizar a perfumaria inteira, o milagre. O arauto dos novos tempos e da paz na terra entre os cabelos de boa vontade chama-se DEKAPCOLOR. Fabricado pela Yamá - aquela do famoso creme amarelo que a minha sábia avó usa até hoje - esse produto é, na verdade, a ferramenta "desfazer" do Photoshop. Assim: Errou a cor da tintura? Ele vai retirar essa tintura, sem alterar a cor original dos fios.

O arauto dos novos tempos

Portanto se sua ideia era ficar blaster loira sem esforço, darling, desculpa. Ele não descolore fio virgem, só serve para tirar a tintura.

Pó Descolorante + Água Oxigenada 40 Volumes

E assim acabou o meu drama na casa de bonecas. Passei linda o Dekap, que tirou o vermelho-Pequena-Sereia dos meus fios e me tirou do fundo do mar!

Xu, corre na perfumaria que ainda tem solução!

Beijo!

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

A vida como ela é - Falsa magra

Nessa ocasião festiva em que celebramos os (não completados) 100 anos de Nelson Rodrigues, vamos falar de mulher.

Seu Nelson

Nelson era de uma época que esse negódi magreza e anorexia era coisa de livro de medicina. Mulher tinha cara e corpo de mulher, com cintura fina, quadril, peito, e era isso que determinava o sucesso - ou fracasso - dos relacionamentos (e das clássicas traições).

Bettie Page

Ontem eu ganhei fotos de presente de uma fotógrafa parceira, durante o teste de luz para as fotos oficiais de uma maquiadora. Me surpreendi com a cara boa, coisa rara ultimamente e especialmente nessa fase pré 33. Postei a foto no meu perfil do Facebook e...BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUMMMMMM!!
Uma enxurrada de comentários dos amigos e amigas perguntando sobre o segredo da minha magreza.

OI?

Aí me lembrei das falsas magras. Falsa magra é aquela mulher que tem o rosto magro, o tronco magro, cintura e...UM QUADRIL ENORME, com coxão e bundão. Dependendo da roupa (e dos amigos), parece mais ou menos magra. A popular GOSTOSA.

La Monroe

Naquela época era a normalidade de uma pessoa com saúde, hoje em dia já é algo difícil de lidar. Eu mesma, com meus 15kg de excesso e manequim 42/44, estou na luta para aceitar que a realidade agora é essa. Não devia, né? Afinal o pessoal tá me achando magra!

Kim Kardashian

Em tempo, o segredo da minha magreza é bem simples: Pizza, cerveja, doces e AMIGOS INCRÍVEIS! Mas não tentem isso em casa!!

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Perigo em Tendência: 50 Tons de Cinza

Há anos eu digo e ninguém acredita: Tá ruim pra todo mundo. Quando você vê Ellen Roche solteira, a minha frase ecoa - "Tá ruim pra todo mundo".
E, como dizem os místicos, a consciência universal concorda comigo. E. L. James concorda comigo, ao escrever uma nova versão pro bom (sic) e velho Sabrina.


Livros desse tipo vendem há anos, mas o público era formado por tiazonas que já haviam se separado e não conseguiam - solteiras ou casadas - levar um vida saliente o suficiente. Recorriam às histórias fantásticas da carochinha para aliviar um pouco a pressão. OH WAIT!


Se não bastasse um, trata-de de uma trilogia. Mas, a julgar pelas capas (coisa que não se deve fazer, como diz aquele famoso ditado...), a coisa "vai esquentar". Naquelas, né? Tipo meia fina em dias de 9º graus...
Nos anos 90, um modelo-ator ficou famoso e ganhou rios amazonas de dinheiro sendo capa para livros desse gênero - Fabio, é nome dele.


Fabio era a personificação do cara que toda mulher sonhava - um cara "másculo", forte, alto, e sempre sem camisa pra ajudar em momentos de afliceta, como é costume nos romances de banca de jornal.


Apanhando na cara ou apenas rolando na relva, o mote é o mesmo - você, encalhada, que passa os dias esperando (assim como Tom Hanks naquele filme) por um milagre, pode realizar minimamente suas fantasias de loja de R$1,99 com textos com teor de 1% de picância.


Jesus Cristo foi um revolucionário e serei eu também - VAI ASSISTIR UM PORNÔ DECENTE! É tapa na cara? Então assista e assimile. É algema nos punhos, pendurada na parede, toda enrolada em fita isolante com 10 caras se revezando? SE JOGA! Mas para com esse pudor meia-bomba de ler romance "erótico". Romance erótico é Anïs Nin!


Você acredita em horóscopo e naquelas posições sexuais que a NOVA ensina mensalmente? Então tá, continua aí com o erotismo de plástico. Mas não conte pro seu caso-peguete-namorado-marido-pretê que está lendo. É desanimador. Aliás, não conte a ninguém.
Se encha de coragem, mulher! Vá mais fundo! Mulher boa de cama-mesa-banho se garante com calcinha bege de algodão - e sem regras!

Fica a dica... Né, Ellen?

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Economizando com... Máscara para cílios

Eu não sei vocês, mas sou a favor de arrumar utilidade para as coisas - vidrinho, potinho, conta-gotas...

Estava vendo um tutorial de um maquiador amigo meu sobre máscara para cílios (porque a gente fala rímel, mas Rímmel é uma marca, assim como Gillette) e em um determinado momento ele lembra as mocinhas de que não se deve usar máscara velha nos cílios, porque além de uma alergia e conjutivite, o produto não faz mais o mesmo efeito.

Aí me ocorreu que muita gente pega tudo e joga fora. O G.I., que adora uma sustentabilidade, te dá a dica (se é que você não pensou nisso) - ESCOVA PARA SOBRANCELHAS!
Cata a escova da máscara, lava BEM (porque são anos de tinta preta impregnada ali, especialmente nas versões à prova d'água) e TCHARAN! Uma escovinha perfeita para você arrumar as sobrancelhas, apará-las corretamente e até mesmo ajudar na aplicação de sombras e lápis para definição do traço.

Maybelline One By One

Maybelline The Colossal Volum' Express

Hoje em dia tem pencas de formatos de escovas para cílios, então se você lavar cada uma delas antes de jogar a finada máscara fora, terá uma invejável coleção de escovinhas para os mais diversos fins! Servem até para pentear os próprios cílios com máscara transparente.

Givenchy PhenomenEyes

Revlon Grow Luscious

Tá vendo? Já te economizei aqueles R$15,00 que você gastaria em um pincel de procedência duvidosa na 25 de Março!