quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Hoje é djia de rock, bebê!

Todo mundo desceu a lenha na minha musa, Christiane Torloni, só porque ela tava linda e vip num camarote REGADO a bebida boa, gente bonita e muita animação, e já estava enrolando um cadim a língua.
NÃO FAÇAM AS PURITANAS! Que atire o primeiro canapé quem NUNCA tomou tudo o que estava sendo servido num camarote com bebida liberada! Minha musa tava gata e elegante, ao contrário duma gente uó que bebe e sobe na mesa, tira a roupa...

Fato é que a tal entrevista dela virou sucesso, e sua frase "Hoje é djia de rock, bebê!" virou o bordão do mês. E como hoje, quinta-feira, dia de semana, dia que pessoas comuns trabalham, tem mais um dia de Rock in Rio, o assunto hoje é rock elegante!



Você, que como eu, passou dos 30 e já não usa mais aqueles pingentes de epoxi niquelado mas continua curtindo as bandas da adolescência, sabe que de vez em quando um acessório faz falta. Algumas coisas são inofensivas, mas no geral esses anéis, braceletes e cordões que vendem na Galeria do Rock e no camelô são toscos.
 Epoxi niquelado...

Ontem me deparei com uma coleção-exposição na multimarcas carioca Maria Preta, entitulada "Era de Ouro do Rock 'N' Roll", onde vários designers de jóias fizeram suas interpretações de bandas históricas em prata e ouro. Coisa fina!


Um dos mais geniais é o colar com pingente Lou Reed, que mistura "Heroin" e "Walk On The Wild Side" na mesma peça.


E o Elvis?
Não é gênio??

Pros mais chegados no metal, tem o Black Sabbath...


E seguimos com Kiss, Stones, Mutantes (!!!) e Pink Floyd:


Pra quem é fã, é mais do que um acessório, vira item de coleção. Pra quem curte o rock genuíno, são grandes sacadas no guarda-roupa.

Pra quem tá no Rio fazendo hora pra ir pra Cidade do Rock, a Maria Preta fica no Shopping da Gávea, meio do caminho pra quem vai pra Barra. Mas pelo sim e pelo não, compra na volta porque lá no evento o povo róba!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Random In Rio

Tem tudo, menos rock. E eu, que sou do rock, uso qualquer outro nome pro evento que reúne milhões de pessoas na longínqua, desértica e fedorenta Jacarépaguá.


"Ah, larga mão de ser mala porque ontem teve um mega show de 2hs de Metallica; o Mötörhead destruiu; teve Red Hot Chilli Peppers!" - sim, são o 0,1% rock do evento.


Voltando, tem tudo. Tem batedor de carteira, tem Claudia Leitte, tem Rihanna, tem moda estranha, tem gente estranha, tem fila de 2hs pra comprar lanche, tem fila de 2hs pra usar o "banheiro".


Mas cadê o diabo do rock?? Fora o 0,1% representado pelos nomes acima, só no nome mesmo. Virou marca, não tem mais a obrigação de SER um evento DE ROCK. Vivamos com isso. Ou vamos ao SWU...


 De vez em quando algo, além de Metallica e Mötörhead, nos dá uma brisa leve e refrescante de satisfação com o evento. No caso dos justiceiros fãs de Iron Maiden e Sepultura presentes ontem, a desinibida do Rock In Rio foi uma delas:


Eu sou eternamente CONTRA "dicas de moda para o Rock In Rio". Quem tem o MÍNIMO de juízo e estilo já sabe o que vai usar. E quem não tem, não vai arrumar em 2 dias.
Segue:

A primeira rolou, mas o namorado motoboy da segunda deve estar tenso sem a calça dele. E esse bolero de mangas de malha com peito de renda sobre um "corset" que nitidamente não é dela...

Alguém no G1 teve a CAPACIDADE de fazer uma matéria sobre cuidados com os cabelos...COM OS HOMENS. Algo sobre fazer escova e hidratação, pra bater um cabelo bonito no show do Corri Deu Cãibra (ou Câimbra, como quiserem os Pasqualles de plantão):


E como a parte bonita dos fãs de metal desistiu de ir ao festival porque já viram AS MESMAS BANDAS há poucos meses em SP, sobrou issae...


Ouvi dizer de gente desmaiada sendo assaltada. Já passei por isso e sei que é uó. Não que coleguismo e coletividade sejam sentimentos comuns em momentos como esse, mas... PORRAN!

E pra não dizer que não há NADA de bom que leve o nome do evento do Medina, eis que eu me surpreendi com isso:




A Carioquez criou e arregaçou de vender. Claro, era de se esperar, porque POUCAS COISAS licenseadas para um evento conseguem perdurar quando ele termina. Estas qualquer um pode usar quando o RiR acabar. E vale a pena double deal porque a Carioquez foi SOLD OUT também em um leilão beneficente (Bem Na Moda) para a construção do Hospital do GRAACC, em SP - ou seja, gente com uma boa causa! E tio Nelson que dizia que "o mineiro só é solidário no câncer", agora podemos colocar uns paulistanos e cariocas nesse bolo aí também!


Agora resta esperar o próximo fim de semana e as performances sempre carnavalescas do público.


Né?

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Pencas de beleza

Na terça, dia 13/09, fui com a minha beauty partner Dany Bello (@DanyGattena) no último dia da Beauty Fair 2011, conferir o que a mulherada vai ver nas prateleiras de cosméticos nos próximos meses.

Uma feira que reúne maquiagem, cabelo, estética corporal = mulheres descontroladas. E elas estavam mesmo! Alguns stands pareciam um autêntico mercado árabe, com briga por brindes e filas para comprar os lançamentos de antemão. E muita mulher junta, como dizem, dá defeito.

Fora o descontrol das colegas de categoria, o que se viu nos inúmeros corredores do Expo Center Norte foi uma profusão de sombras, batons, cremes, shampoos, tinturas e esmaltes de enlouquecer qualquer fã de misturinha*. Do creme que tira rugas na hora (e tira MESMO, a Dany é testemunha) da Eyesential à base anti-sinais da Verídica It, não havia coisa ali que fosse desinteressante.


Detentor da maior fila do evento, o stand da Moroccanoil era visto como a Terra Prometida para todas as mulheres que foram ao evento, especialmente porque davam um minimicro frasco do "ouro do Marrocos".


Boa parte dos ítens relacionados à estética e cabelos diz respeito ao uso profissional, mas nada impede que a consumidora use em casa (a não ser, é claro, o que trata de química pesada), como foi a ideia da Alfaparf em lançar a divisão Alta Moda É... de seus produtos. Coisa fina com precinho amigo, pra não ter mais aquela desculpa furada de que o cabelo tá uó só porque não tem grana pra comprar produto decente.

Já a Alpha Line resolveu dois problemas em um: criou uma tintura que já vem com óleo de argan e manteiga de cacau na fórmula (assim você pode guardar seu vidrinho de Moroccanoil pra outra coisa). E essa linha High Tech Biocell faz MILAGRE nos cabelos!



Aliás, óleo de argan já não é mais exclusividade da Moroccanoil. Praticamente todas as marcas de produtos para cabelos investiram em pesquisa e desenvolvimento, e estão com seus próprios óleos. Os preços variam de bolso pra bolso, mas é reconfortante saber que aqueles dias de ninho de pombo na cabeça estão contados. A Embelleze, que já havia me conquistado com seu Novex Óleo de Argan (que eu já falei dele aqui, que é SENSACIONANTE!!), taí mandando brasa, agora com óleo também. E um tonalizante em espuma que é babado e confusão!


No stand da Orgânica, conheci uma plantação de buchas - não, não é um monte de idiotas, é bucha de banho mesmo. Eu que uso pesadamente bucha natural no banho, já havia mer perguntado outras vezes de onde vinham e gostei de saber. Toda a linha deles é trabalhada desde a semente, o que garante uma bucha boa de esfoliação, mas sem arrancar o couro, como diz a Dany. E ainda tem uma lixa de unha 7 fases que é DRAMA NA CASA DE BONECAS!



A Bio Extratus, que já tá no mercado abalando com seus cremes simples e funcionais (o de noni é bárbaro!), entrou com uma linha especial para o Verão com, dentre outras coisas, um fluido iluminador anticloro e antisal. Cabelo duro depois da praia só pra quem for muquirana!

A Márcia (aquela do descolorante) reformulou toda a linha de lavatório e tá lançando uma linha pós-praia também, coisa boa pra proteger os cabelos em dias de sol, sal e cloro intensos. E a linha Kerasilk tá completinha, tanto pra quem tem cabelo liso como pra quem tem talento pra manter os cachos - porque cacho bonito requer produto bom, tempo e TALENTO, né?


Num evento daquele tamanho, 1 dia só não fez Verão. Vi pouca coisa, mais das marcas que eu uso e confio e por isso não tem lista de cada marca aqui. Fora estas, fucei a Vult (que vem com toda uma linha corporal e novas cores pra linha Duda Molinos), a Koloss (com uma linha de make HD incrible), a Fenzza (com blush em esferas, tipo Givenchy) e Marchetti/Toque de Natureza (com sombra solta c/ dosador - a preta é ESCÂNDALO de linda - e um primer bem simpático).





 Fotos da Dany - tks, baby!

Compra uma necessaire maior, darling, porque a sua vai ficar pequena!


quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Boca de veludo



Como eu costumo dizer: Boca - quem ama, cuida. E nesse inverno totalmente seco, com algumas regiões do País passando realmente frio itenso e uó, cuidar dos lábios virou obrigação pra todo mundo - HOMENS INCLUSIVE.

Não se trata de bichisse. Se os lábios ressecarem demais, racharão. Quando racha, sangra e se deixar, inflama. E inflama porque todo mundo põe a mão na boca, põe a boca por aí, come, bebe... Então, pra quê passar por essa agonia toda?

Pra EVITAR que os lábios ressequem, não existe nada mais simples do que a boa e velha manteiga de cacau. É o bom, bonito e barato - e nem precisa dessas invencionices de "manteiga de cacau líquida". Aquele bastãozinho é suficiente.




Mais potente do que a manteiga de cacau, é a manteiga de karité. Esta é mais complicada de achar, poucas marcas nacionais trabalham com ela para lábios (não sei porque...), mas a Avon tem!
Pra quem pode, tem o Ceralip, da La Roche-Posay; e tem a da L'Occitane... Chose des riches...



A Nivea tem essa linha ótima. O verde é pra reparação e serve tanto pra proteger quanto pra reparar quando já está muito ressecado. 5 minutos depois de usar, ele já começa a soltar as pelinhas mortas. O azulão é pra uso contínuo - mesmo sem estar frio, e protege também. O azulzinho é hidratação.Todos tem uma certa proteção solar, mas o amarelo serve especialmente para usar na praia. Os coloridos têm todos esses cuidados, mas são coloridos, logo são tipo gloss.


Nos EUA e na Europa tem o Carmex, que é tipo uma Minâncora dos lábios. É excelente, mas aqui ainda não tem. Então, aluga aquele teu amigo que vai viajar e pede, porque é baratim.



Isso se usa a TODO INSTANTE, tem que andar na bolsa, na mochila, no bolso, na capanga, mas tem que usar pra evitar a fase dois - a rachadura.

Fez o Charles Bronson e não usou, né? Agora se vira pra cicatrizar essa baita ferida! Como? Continua sendo simples - Bepantol. Sim, aquela pomada que se usa nas tatuagens pra ajudar na cicatrização, e em bebês. Passa o suficiente para cobrir o machucado e espalha o resto, pra evitar outros pontos de rachadura. Durante 4-5 dias deve ser o suficiente.  (Passa na hora de dormir, se você amiga, amigo, estiverem amargando uma solitária)


Mais uma vez, na Europa existe o Bepantol Lip, que vem num formato próprio para o uso nos lábios, mas com a mesma fórmula (talvez com alguns agentes a mais, tipo hortelã, essas frescurinhas...).



Assim que a ferida cicatrizar, volte - E DESTA VEZ PRA VALER - a usar a manteiga de cacau, de karité, do que quiser!

Vai por mim, valorizar o bocão, seja feminino ou masculino, é garantia de sucesso!