segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Carnaval de macho

Enfim, para os não-Bahianos, o carnaval acabou. E acabou com aquelas matérias clássicas sobre escolas campeãs, segredos de carros alegóricos, depoimentos emocionados de quem venceu na avenida e...mulheres.
Ser rainha-princesa-dama-condessa da bateria é um negócio como qualquer outro. Rende pra escola, rende pra mulher, rende pra imprensa. Só não rende pra mim nem pra você, claro. E aí o Fantástico (sempre ele) me sai com uma matéria de SUPERMA RELEVÂNCIA #sóquenão para o povo brasileiro: Musas marombadas do carnaval - é bom ou é ruim? Pão com linguiça ou pão com ovo?

Eles tiveram o trabalho de fazer uma timeline da desgraça corporal das "musas". Link aqui.
Na minha opinião, cagou tudo. Entendo que corpo de mulher, por mais trabalhado que seja, balança. E muito! Parece que vai desmontar tudo e cair pelo chão. Mas foi Deus quem quis assim, e acho muita petulância nossa querer alterar em 100% um projeto que vem sendo bem sucedido desde a criação da Humanidade. Uma coisa é botar um peito maior, dar uma ajeitada num nariz bruxesco, consertar uma orelha fora de esquadro. Mas embrutecer é renegar uma natureza interessante, de curvas que nos diferem do outro sexo, o masculino. Se firmeza muscular fosse requisito pra sambar, não teríamos rainhas de bateria e sim REIS de bateria, homens de pinto de fora, pintados com glitter, sambando! Mas o que eu sei, né, eu visto 42 e não estou na academia...

Gracyanne Barbosa, aquela que levanta o marido e quem mais estiver por perto em cima do supino.

Eu, assim como a equipe de produção do Fantástico, sou do tempo de Luiza Brunett e Luma de Oliveira como rainhas de bateria. Malhavam, davam aquela atenção pra bunda, mas continuavam com uma figura semelhante a qualquer mulher desconhecida. Balançava, normal. Mas eu não sou homem, então não sei se isso é/era bom ou ruim.

Adriana Bombom...de pedra.

E já que não somos jurados nem especialistas em carnaval - e mesmo esses já disseram que não curtem essa macheza visual das moças da avenida - o G.I. quer saber a opinião sincera dos homens, os únicos que realmente prestam atenção nessa parte do desfile.

Valeska Popozuda e seu popô de derivado do petróleo.

A foto acima é um bom exemplo disso. É uma mega bunda, de silicone. E aí? É bom? Vale a pena? Jamais terá celulite, isso é fato. Mas é bonito? Podem responder nos comentários, a gente vai anotar!

Juju Salimeni, que podia ser centroavante do Corinthians.

E as coxas? Porque algumas não têm implantes de silicone na bunda, mas tem essa mega power coxa de mármore, talhada na base da malhação extrema tipo UFC. É bom? Tá bonito? É o segredo do sucesso?

Viviane Araújo, onde tudo isso começou.

Não intenciono me tornar um monstro de academia, ainda que isso seja a nova ordem mundial. Mas acho interessante saber o que passa na cabeça das pessoas sobre isso, porque até o Facebook anda com um anúncio irritante sobre um "remédio milagroso que destrói gorduras do corpo em 3 dias".
Sim, eu pretendo emagrecer e voltar para a academia assim que possível - porque eu não vivo de close e preciso trabalhar de verdade - mas pra me manter decentemente saudável e bem cuidada.

Ah, e pros defensores do maromba lifestyle das moças da avenida, não levem nada disso tão a sério a ponto de perderem a linha nos comentários. Afinal, opinião é que nem bunda - cada um tem a sua.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Maquiagem de Guerrilha - Brilho X Mate

Infelizmente o verão foi cancelado no Rio de Janeiro. Não há sol, não há calor. E eu crente que ia sambar na cara do verão com uma maquiagem arrasante.


Desde a invenção do pó compacto, todas as mulheres do mundo decidiram que matificar o rosto era a solução para uma maquiagem impecável e bonita. Acontece que nos trópicos isso é quase como tentar segurar uma pedra de gelo com as mãos, sem que ele derreta. Camadas e mais camadas de base de cobertura seca, corretivo em bastão, mais 2-3 camadas de pó pra FIXAR BEM e aquela cara de boneca Meu Bebêzinho, que durava somente o tempo de você sair do banheiro, se calçar e pegar o elevador. Ao chegar no carro, você já estava suando (com seus poros e pele entupidos de make) e toda a argamassa derretendo.
Sem sorrir muito pra não craquelar a make!

Vamos aceitar a ideia de que aqui faz calor? Vamos! E como calor e verão são condições as quais todo o planeta está sujeito, todas as marcas mais importantes de maquiagem do mundo inovaram suas versões de base, com opções para quem quer ser Meu Bebêzinho e pra quem quer ser uma pessoa normal, que sua e tem pele saudável.

Não tem muito erro: Base mate, base glow e hidratante com cor (ou tinted moisturizer, como nas marcas gringas). A base mate, como vocês bebêzinhas sabem, matifica e retira o brilho, dando o aspecto seco e engessado; a base glow é mais fluida, tem elementos na formulação que permitem que a pele brilhe naturalmente; o hidratante com cor é um hidratante...com cor! Vai cobrir levemente manchas e uniformizar o tom da pele.

Base mate da Quem Disse Berenice - não testei, então não sei.

Base Velvet (aveludado) da Contém 1G - Não testei, então não sei.

Base Líquida Segunda Pele da Contém 1G - para acabamento natural, glow. Não testei, então não sei mas a Beta falou que é boa.

Ultimate Sheer Tinted Moisturizer da Wet n Wild. Hidratante com cor, indisponível no Brasil (claro).

Base líquida Magix da Avon. Não testei, então não sei.

Illuminating Tinted Moisturizer da Stila. É hidratante com cor E iluminador, cata o bafo!

Tinted Moisturizer Bobbi Brown. Não testei, então não sei mas a Bobbi Brown dificilmente erra com produtos para pele.

Pure Radiant Tinted Moisturizer NARS. É IN-CRÍ-VEL! Tô usando e ó, é babado!

Observação importante - Assim como não é bom sair com a cara rebocada e dura com base mate, também não é bom sair feito boneco do Madame Tussauds, brilhando mais que o próprio sol.

Tipo isso.

Amadas, como tudo o que a gente fala aqui no G.I. geralmente é testado na vida real, eu não ganho produto nem dinheiro pra ficar dando dicas aqui pra vocês, não dou também o serviço porque todo mundo tem internet e Google em casa, então cada um faça a sua pesquisa, certo?
Das poucas vezes que fiz isso me arrependo até hoje.... Então compre, não compre, teste, me pergunte mais mas faça a escolha de acordo com a sua realidade, tá?

A propósito, o produto da NARS eu comprei online ;-)