sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A tendência Valéria

Nem só de eventos sociais e ferveção vive esta produtora de moda nos finais de semana. Eu tenho momentos "Zorra Total" na minha vida, sou normal e não tenho NET, beijo.

Justamente por isso, dei de cara com a Valéria, famoso personagem do programa. Valéria é um travesti que sempre encontra a amiga Janete no mesmo vagão de metrô, no Rio de Janeiro. Os trajes são um episódio a parte...

Valéria e Janete

Quem quer que cuide do figurino do programa tem vida mansa com a Valéria, porque roupa pra ela é moleza de achar no RJ. Por exemplo...

Desculpem, não tem como escrever NADA sobre isso.

Calma que tem mais...

Porque não basta ser bermuda jeans, tem que ter lavagem na bunda!

"Ai, como eu tô bandida!"

Vamo lá, gente: POR QUE ESSA LAVAGEM? POR QUE SEMPRE NA BUNDA? ERAM OS DEUSES ASTRONAUTAS? Perguntas sem resposta...

Da Central do Brasil, terminal rodoviário famoso do RJ, pra frente (sentido Tijuca, Zona Norte..), esse tipo de jeans vende mais do que água, literalmente. E o chinelão de salto também. Todas querem ser Valéria, ou já eram Valéria antes dela. Bandidagem e sensualidade nos metrôs das duas únicas linhas que cortam 1/4 da capital.


Mas jeans com lavagem suspeita, de modelagem estranha e seus tops combinando não foi o que mais me chamou a atenção. O que me arrebatou na cadeira foi ISSO:

Calça CARGO... JUSTA!

Um jeans que era pra ser cargo, com esses bolsos laterais, mas JUSTO! Piriguestimo (ou raparigage) sem limites!


Eu acho corajoso - pra dizer o mínimo - sair com esses looks por aí. Nem tanto pelo cafonê, mas pelo bulinamento. Mas a cada um o seu quadrado, né Geise?

Digo, Renata...

Nenhum comentário:

Postar um comentário