domingo, 19 de junho de 2011

Mim gostar espelhinho

Gostem ou não da ideia, somos todos índios ainda.

Gargalhei em cascata quando vi que a Victoria's Secret tinha dado um pito no povo da Monange com a história das asas nos desfiles (que eu até hoje não sei para quê servem exatamente - os desfiles). Mania que essa gente daqui tem de copiar os outros na caruda e achar que não pega nada.
Aí, na primeira edição do evento sem as asas...

Aqui tem a cobertura do evento...

Eu também amaria o Brasil e desfilaria abraçada na bandeira, se eu fosse rica e exclusiva da Victoria's Secret e morasse em NY.

Nenhum comentário:

Postar um comentário