segunda-feira, 11 de abril de 2011

Passado, presente, futuro

Não importa onde eu vá, a pergunta é a mesma - "O que você acha desta onda de saias longas, hein?".

O que eu acho não importa, porque se importasse as vitrines por aí seriam beeeeeem diferentes. Mas já que pediram opinião, darei. Saia longa é legal, resolve aquele dilema de "vou de calça ou vou de saia?" quando calça irrita, mas saia acima do joelho também não é a boa, dá um disfarcê nas pernas que não estiverem no dia mais Tina Turner das donas. O que pega, como sempre, é o uso que se faz..."I don't want to stay here, I want to go back to Bahia..."


Filhos de Ghandi...

Em geral, estampa é perigoso - o que não quer dizer que não se pode usar - mas é que nem remédio tarja preta. Babados também ficam na mesma prateleira. E dependendo do estilo da saia, se for cigana demais, corre o risco de você ser parada na rua com gente te mostrando a palma da mão e juraaaaaaaaaaaando que tem uma mulher querendo o marido!

Ciganismo...

Margherita Missoni, excêntrica...

Pra copiar o look da Margherita Missoni, saia CBK...O top fica por sua conta, e coragem!

Deu pra entender, né? O lema é o seguinte: Vestiu bem? Então pronto!

2 comentários:

  1. Qaundo eu era mais nova era doida pra ter uma saia estilo cigana igual a ai de cima.... hehehe... hoje acho q num rola mais...

    ResponderExcluir
  2. Eu já tive também, mas sempre vestiu mal!
    Acho que o contorcido do tecido não colabora muito na verdade...A boa é encontrar este tipo de estampa em um tecido mais pesado, tipo viscose...

    ResponderExcluir