sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Polêmica: Chinelagem

Quem me conhece sabe que, mesmo mau humorada e "séria" (como dizem por aí, rs..) eu sou uma pessoa sensata e serena. Mas tá osso...

Hoje em dia tem esse discurso por aí de "viva a diferença", "abaixo o preconceito", e toda essa tolerância que eu acho supimpa...até a página 2. Vou usar um exemplo básico: Ônibus.

Situação:
Uma pessoa ouvindo um funk-forró-sertanejouniversitário-pagode no talo, sem fones (claro) e não se importando com o fato de estar incomodando outras pessoas, que gostem ou não destes estilos musicais. Nada é feito a respeito. MAS VAI VOCÊ OUVIR JUDAS PRIEST NO TALO PRA VER O QUE TE ACONTECE!!

Hoje saí de botas na rua, estava fazendo sol na caótica cidade do Rio de Janeiro. Se eu passo calor, o problema é meu, certo? Errado! Veio uma mina que não me conhece, trajando micro shorts e micro top, por cima do biquini, arrastando seu chinelo e dizendo com ironia - "Afffff! Mas com um calor desse e essa aí de botas!!! Pfffffffff!"...



OI????? Então eu ME DEI o direito de criticar também! Já diria Raul - Eu também vou reclamar! Acho quem arrasta chinelo, e mais uó ainda se for daquele chinelo plataforma. E podem reparar - ele nunca vem sozinho! Sempre tem uma minissaia de viscolycra ou um micro shorts de stretch junto! E tudo com strass, pra dar um ar de coisa fina, claro.


Acho um retrocesso este tipo de comportamento - gente apanhando nas ruas por terem opções diferentes, ou ouvindo ironias e/ou ofensas por simplesmente vestirem o que lhes agrada. Mas se a lei que impera é a lei da selva, então cada um que se defenda como puder.

4 comentários:

  1. Hahahahahaha muito bom!!!
    Nâo sei porque as pessoas se incomodam com a figura alheia, sendo que nem no espelho se olham antes....

    bjosss

    ResponderExcluir
  2. FODA-SE TUDOOOOOOOOOOO AAAAAAAAAAAA EU TO MALUCOOOOOOOOOOO

    http://colunistas.ig.com.br/lucioribeiro/2010/11/30/black-rebel-motorcycle-club-no-crue-fest-em-marco-no-brasil-com-alice-in-chains-e-obvio-motley-crue/

    ResponderExcluir
  3. Olha, achei seu blog por acaso (pesquisando produtos da Sensória) e AMEEEEI tudo o que li até agora. Esse post em especial parece feito para mim! Há muito tempo venho reparando no (mau)comportamento dessas ditas pessoinhas (pessonhentas) e até cheguei a postar coisas do gênero no meu blog. É uma gente SEM um pingo de educação, revoltadas, cuspidas no mundo... Mas que não conseguem ficar quietinhas na insignificância delas. Tem que botar o funk e o pagodinho beeeeem alto, tem que falar alto, berrar no Nextel, fazer churrasquinho full time e, claro, reparar no estilo alheio. Helloooooow? Como uma pessoa que usa um tijolo de borracha sob os pés pode reparar na outra? Invejinha, claro. Porque vc tem um par de botas e ela não... Vai pegar enchente no Rio de Havaianas (falsi)... AFFFFFF! Ahazou no post!

    ResponderExcluir
  4. A moça suburbana da foto pode ser brega e otras coisitas más, porém este visual de Mulher Melancia atrai o macharedo.
    Quanto ao som (de ótima qualidade) rs...ouvido nos ônibus cariocas, e gaúchos também, é de dar vontade de pegar o cobrador e sacudí-lo pelos ombros dizendo: pede pra este pentelho desligar este som de merda...

    Abs.

    Ricardo Mainieri
    mainieri.blogspot.com

    ResponderExcluir