quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Classe média mimimi

Eu trabalho. Apesar disso, não consigo pagar um aluguel sozinha aqui no Rio de Janeiro, cidade olímpica que foi leiloada há alguns anos atrás. Aliás, além da especulação imobiliária criminosa, cariocas que não fazem parte dos 0,71% da população mundial que detém 41% da riqueza também têm que enfrentar o vilão do supermercado, uma vez que comer é luxo.

E eu estava no meu trabalho quando vi irromper na timeline do Facebook (sim, eu posso trabalhar com acesso ao Facebook) e nos sites de notícias posts sobre o preço anunciado pela Sony para o PlayStation 4 no Brasil - R$4.000,00.



Qualquer pessoa, brasileira ou gringa, sabe que os impostos aqui desse lado do equador são imensos, absurdos, abjetos, sufocantes, causticantes, opressores e injustos. Se assim é para coisas BÁSICAS como moradia e alimentação, não poderia ser diferente de um produto considerado SUPÉRFLUO, por mais divertido que ele seja.

Mas aí o ki-suco ferveu! Posts acalorados sobre como somos índios, enquanto nos EUA o mesmo produto custa USD400, aqui custa R$4.000,00! E dá-lhe de disparar culpa na presidente, digitando em caps lock maldições e palavras de ordem contra o governo.



Interessante é que eu não vejo NINGUÉM fazendo o mesmo protesto de sofá pelo preço dos aluguéis e das coisas no supermercado.


Ainda mais instigante é perceber que boa parte dos que se sentiram desrespeitados e lesados com a fortuna a ser cobrada no videogame acha que professor é vagabundo, que tinham que se dar por muito satisfeitos em receber os R$15.000 propostos pelo governo carioca para quem deles conseguir alcançar (não se sabe a que preço e nem em quanto tempo) uma pós-graduação!

Sim, eu sou a favor de preços JUSTOS de importados, gadgets, tablets, 4G, internet, nave espacial, o que mais for moderno e sofisticado. Mas eu sou AINDA MAIS A FAVOR do preço JUSTO do que precisamos pra VIVER com dignidade, tipo comida e casa.

6 comentários:

  1. infelizmente, esse tipo de preços existe porque há pessoas que pagam isso tudo e mais...

    ResponderExcluir
  2. Putz, vc é uma daquelas que gritou "não é só pelos 20 centavos" né?
    Aquelas que pensa que um protesto deve conter todas as vertentes de possibilidades e englobar tudo que há de errado em um grito...ou em um post de facebook.

    Concordo com tudo que você falou, professor ganha mal e moradia é cara...
    mas achar que quem reclama do preço do video game ignora todo o resto ou que deveria se preocupar com todas as mazelas do mundo quando posta algo é meio sinistro.

    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que nem todo mundo ignora, falei somente da parcela que eu consigo acompanhar na minha timeline.

      E sim, eu realmente acho que tudo engloba tudo porque a fonte dos problemas é uma só.

      Bjo

      Excluir
  3. ah, e vc põe moderação em comentário...nem devia ter me dado ao trabalho de comentar aqui. Só pode comentar pra falar q vc é demais?

    pff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Guti.
      Cara, eu tive que colocar no moderado há meses atrás, quando um bando descontente com um post meu veio me ameaçar de morte. Como eu ainda não curto a ideia de ser assassinada, achei melhor moderar.

      Excluir
  4. Minha cara você está muito enganada, o preço do PS4 é muito importante e não o chame de supérfulo. Com esse preço absurdo como a população irá comprar um video-game para se manter mais alienada ? Imagina se o preço das novas televisões acompanhar este ritimo! Aí estaremos lascados pois teremos que voltar a ler livros e pensar assim não dá né !

    ResponderExcluir